canal teatro mf logo

O melhor do teatro está aqui

Search

“O Ninho, um recado da raiz” trata da intolerância e do ódio no canavial nordestino

Sinopse

Newton Moreno escreveu a peça como uma resposta à nova ascensão da extrema direita ultraconservadora e dos pensamentos fascista e neonazista no Brasil e no mundo

Por Ubiratan Brasil

Em 2009, a Cia. Os Fofos Encenam estava pesquisando a civilização da cana-de-açúcar, o patriarcado feudalista da cana e a região da Zona da Mata, no Nordeste brasileiro, para a criação da peça Memória da Cana. Escrito por Newton Moreno, o texto O Ninho, Um Recado da Raiz seria um dos segmentos de outro espetáculo do grupo, Terra de Santo, que foi encenado na sequência.

Com a ascensão da extrema-direita e dos pensamentos fascista e neonazista no Brasil e em outros países, Moreno decidiu retomar ao texto, que estreia nesta sexta-feira, dia 15, no Sesc Bom Retiro.

Cena de O Ninho, um recado da raiz. Foto Ronaldo Gutierrez

Com trilha sonora original de Zeca Baleiro, que também assina a direção musical ao lado de André Bedurê, a peça acompanha um jovem que, em busca de sua origem, obstinado e incansável, enfrenta a jornada até sua verdade, sua primeira família. Trata-se de uma novela cênica sobre a intolerância e o ódio em terras brasileiras, no canavial nordestino.

o elenco, estão Paulo de Pontes, Tay Lopes, Kátia Daher, Badu Morais, Rebeca Jamir e Jorge de Paula, além dos músicos Bedurê e Pablo Moura. Sobre o trabalho, Newton Moreno, que também assina a direção do espetáculo, respondeu as seguintes perguntas do Canal Teatro MF

Você foi motivado a retomar esse texto com a ascensão da extrema direita no mundo (Portugal acaba de eleger um candidato que vai seguir esse caminho). Como você compara o que se passa hoje no mundo com o que aconteceu na Alemanha nazista, mantendo as devidas diferenças?
A primeira versão do texto foi escrita em 2009 enquanto pesquisávamos o espetáculo Terradesanto e as heranças da sociedade patriarcal da cana na nossa formação. Acessei documentação no arquivo público de pernambucano sobre nazistas no estado, vindos da Europa. Foram importantes as pesquisas das professoras Marcília Gama e Susan Lewis sobre o tema. Decidi retomar este texto assustado com o avanço da extrema direita e os ecos do pensamento neonazista e fascista que ainda assola o mundo e nosso país. As pesquisas da falecida professora Adriana Dias me acenderam sobre as crescentes células neonazistas no país, e o que esse pensamento sustenta de discurso de ódio, de eliminação de ‘diferenças’. Assistir marchas de partidos nazistas pela Europa, ou navegar pelos sites de grupos neonazistas brasileiros realmente me assustam.

Cena de O Ninho, um recado da raiz. Foto Ronaldo Gutierrez

A herança deixada pela ação do patriarcado feudalista da cana de açúcar que marca a história do Nordeste sempre é um tema muito caro pra você, não?
Estamos acessando esta fábula da presença nazistas no nordeste do Brasil para discutir o quão próximo esta ameaça ainda ressoa entre nós. Neste sentido sim um teatro político. Um teatro de alerta. Não podemos anistiar o ódio, e erradicar as sementes de intolerância que dão frutos de xenofobias, lgbtranfobias, ações racistas, excludentes e feminicidas. Algumas plataformas e discursos políticos ainda se alicerçam nesta cartilha da violência fascista, temo que aprender a ler nas entrelinhas dos programas partidários.

Você diria que seu teatro é político? Melhor dizendo: até onde seu teatro é político (não digo politizado)? Nesse sentido, quais dramaturgas cujas obras você mais admira?
Sou muito curioso sobre como nos formamos, como chegamos até aqui, como sociedade, como herança. Até para que possamos identificar forças (muitas delas ocultas e silenciadas pela história oficial) e valorizá-las e honrá-las e identificar cicatrizes e mazelas e curá-las. Investigar essa formação encosta nas raízes da tradição judaica (camuflada em décadas pelos cristão novos, os criptojudeus) como em tantas histórias e DNAs escondidos. Na nossa peça, a busca pelo passado familiar do protagonista espelha a nossa busca pelo nosso verdadeiro DNA.

[acf_release]
[acf_link_para_comprar]

Ficha Técnica

[acf_ficha_tecnica]

Serviço

[acf_servico]