canal teatro mf logo

O melhor do teatro está aqui

Search

Veja roteiro com peças de Camus, Dostoiévski, Shakespeare e Tchekhov em SP

Sinopse

Textos de grandes autores mundiais estão em cartaz pela cidade 

Por Fabiana Seragusa

Ver ou rever montagens de grandes clássicos da literatura mundial é sempre uma experiência enriquecedora, até porque, além de entrar em contato com temas fortes e atemporais, é possível observar adaptações teatrais instigantes e atuais. 

Para ajudar a montar seu roteiro, o Canal Teatro MF selecionou 5 espetáculos que encenam obras do escritor franco-argelino Albert Camus, dos russos Anton Tchekhov e Fiodor Dostoiévski e do dramaturgo inglês William Shakespeare.

Guilherme Leme Garcia encena O Estrangeiro_Reloaded, com direção de Vera Holtz. Foto Gustavo Leme

O Estrangeiro_reloaded (Albert Camus)

Sob a direção de Vera Holtz, o ator Guilherme Leme Garcia retorna aos palcos com um novo olhar e uma nova roupagem a esta obra-prima da literatura, O Estrangeiro, do escritor franco-argelino Albert Camus (1913-1960). A dupla volta com este espetáculo após 15 anos de uma bem-sucedida temporada pelo Brasil. 

Na peça, Meursault, o personagem central da história, leva uma vida banal e se depara com o absurdo. Ele recebe a notícia da morte da mãe, comete um crime, é preso e julgado, em meio à controversa relação entre o indivíduo e a lei. Tudo acontece à sua revelia, e nada faz o menor sentido. Ele não acha explicação na fé, religião ou ideologia, e não tem onde se amparar. 

A adaptação do livro de Camus, lançado em 1942, é assinada pelo ator e diretor dinamarquês Morten Kirkskov.

Teatro Vivo – Av. Doutor Chucri Zaidan, 2.460, Morumbi, São Paulo. Até 27/6. Terça, quarta e quinta: 20h. Ingr.: R$ 120. 60 min. 16 anos.

Elenco do Grupo Tapa para a peça Tio Vânia. Foto Ronaldo Gutierrez

Tio Vânia (Anton Tchekhov)

São os últimos dias para assistir ao espetáculo Tio Vânia, encenado pelo Grupo TAPA como forma de celebração de seus 45 anos de atividades. O clássico do russo Anton Tchekhov (1860-1904) foi escrito em 1896 e aborda temas como polarizações ideológicas, hipocrisia, fidelidade e brigas familiares. 

Na trama, um proprietário de terras, Ivan (Vânia), sua sobrinha, Sônia, e Astróv, o médico da família, veem suas vidas desestabilizadas após a chegada de um célebre professor, Serebriakóv, agora aposentado, e de sua jovem e bela esposa, Helena. 

A peça tem direção de Eduardo Tolentino de Araujo, e no elenco estão Anna Cecília Junqueira (Sônia), Brian Penido Ross (Tio Vânia), Bruno Barchesi (Astróv), Camila Czerkes (Helena), Lilian Blanc (Maria), Tato Fischer (Bexiga), Walderez de Barros (Marina/Babá) e Zécarlos Machado (Serebriakov). 

Sesc Santana – Av. Luiz Dumont Villares, 579, Jd. São Paulo. Até 16/06. Quinta a sábado: 20h. Domingo: 18h. Ingr.: R$ 50 (inteira), R$ 25 (meia-entrada) e R$ 15 (credencial plena). 120 minutos. 330 lugares 12 anos. 

Celso Frateschi em Sonho de um Homem Ridículo. Foto Reprodução Ágora

Sonho de um Homem Ridículo (Fiodor Dostoiévski)

Com talento e sensibilidade, o ator Celso Frateschi dá vida à obra do escritor russo Fiodor Dostoiévski (1821-1881), baseado em seu conto homônimo, publicado em 1877. 

A peça fala sobre um funcionário público durante a segunda metade do século 19. Solitário, ele tem a consciência de ser ridículo, desde a infância, já que sofre desprezo das pessoas à sua volta. Por isso, já tem tem mais nenhum interesse na continuação de sua existência. Em um dia (inútil como os outros), o homem é abordado por uma menina que pedia por ajuda, mas se recusa a fazer qualquer coisa e a espanta aos berros. 

Ao voltar para casa, ainda perturbado pelos sentimentos causados pela criança, ele adormece com uma arma pousada em seu peito e sonha com sua própria morte, viajando pelo espaço e conhecendo os homens em sua plenitude.

Ágora Teatro – Rua Rui Barbosa, 664, Bela Vista, São Paulo. Até 30/6. Segundas: 20h. Domingos: 19h. Ingr.: R$ 70. 60 min. 12 anos.

Cena do espetáculo Julius Caesar – Vidas Paralelas. Foto Nil Caniné

Julius Caesar – Vidas Paralelas (William Shakespeare)

A Cia. dos Atores retorna aos palcos com este espetáculo criado a partir do clássico Júlio César, de William Shakespeare (1564-1616). A peça, que celebra os 35 anos de trajetória do grupo carioca, aborda as relações de poder presentes na trama original, mas, agora, em um novo contexto.

Aqui, a companhia traça um paralelo entre a história contada por Shakespeare em 1599, sobre a conspiração que levou ao assassinato do grande ditador romano Júlio César, e os bastidores do processo criativo de uma companhia teatral fictícia, com mais de três décadas de atividades. 

Gustavo Gasparani assina dramaturgia e direção, e no elenco estão Cesar Augusto, Gabriel Manita, Gustavo Gasparani, Isio Ghelman, Suzana Nascimento e Tiago Herz.

Sesc Consolação –  Teatro Anchieta – Rua Dr. Vila Nova, 245, Vila Buarque, São Paulo. De 21/6 a 14/7. Quinta, sexta e sábado: 20h. Domingo: 18h. Ingr.: R$ 15 (credencial Sesc) e R$ 50. 120 min. 12 anos.

Chico Carvalho em Primeiro Hamlet. Foto João Caldas

Primeiro Hamlet (William Shakespeare)

O diretor Gabriel Villela encena a primeira versão conhecida de Hamlet, a mais célebre tragédia de William Shakespeare (1564-1616). A tradução desta versão para o português, chamada de primeiro in-quarto (Q1) pelo especialistas, chegou ao Brasil apenas em 2014. Existem outras duas versões da famosa tragédia, todas autênticas.

Na história, o jovem príncipe Hamlet, da Dinamarca, se depara com o espectro de seu pai, que revela que seu irmão Cláudio, tio de Hamlet, agora casado com Gertred, mãe do Príncipe, o envenenou. Atormentado com esta descoberta, Hamlet cria um plano para testar a veracidade do crime narrado pelo fantasma de seu pai e vingar seu assassinato. 

O elenco conta com Chico Carvalho (Hamlet), Claudio Fontana (Rei Cláudio), Elias Andreato (Corambis), Luciana Carnieli (Rainha Gertred), Ciça de Carvalho (Ofélia), Ivan Vellame (Horário), André Hendges (Laertes), Gabriel Sobreiro (Rosencraft), Breno Manfredini (Gilderstone), e João Attuy (Coveiro e Fortimbrás). Dan Maia executa a trilha sonora ao vivo.  

Sesc Vila Mariana – Rua Pelotas, 141, Vila Mariana, São Paulo. Até 16/6. Quinta a sábado: 21h. Domingo: 18h. Ingr.: 15 (credencial plena) e R$ 50. 120 min. 14 anos.

[acf_release]
[acf_link_para_comprar]

Ficha Técnica

[acf_ficha_tecnica]

Serviço

[acf_servico]